Página Inicial
Eventos
Fotos
Videos

O Clube

O CAAR – Clube de Aeromodelismo de Alverca do Ribatejo, iniciou a sua actividade em 12-09-2006, conforme escritura publicada em D.R. n. 186 de 26-9-2006, 2ª. Série Parte Especial.

É filiado na F.P.Am. - Federação Portuguesa de Aeromodelismo, sob o nº. 84, cumprindo com o Código Desportivo Nacional e Código Desportivo da F.A.I., – Federação Aeronáutica Internacional, .Secção Geral e Secção 4.

Sem fins lucrativos é também membro do Movimento Associativo do Concelho de Vila Franca de Xira.

Fiel aos princípios que nortearam a sua criação, o clube tem vindo a desenvolver a sua actividade de acordo com a disponibilidade e dedicação dos seus sócios, no pressuposto de cumprir com o objecto de sociedade a que se propôs.

Objectivamente promove o desenvolvimento do Aeromodelismo, com respeito pela defesa dos seus associados em todos os campos relacionados com aqueles objectivos, a nível da Freguesia de Alverca do Ribatejo onde fez o seu aparecimento e no Concelho de Vila Franca de Xira..

Para prossecução de tais objectivos procura:

Promover, fomentar, desenvolver e facilitar a prática do Aeromodelismo.

Organizar e fomentar a organização de competições desportivas ou encontros, destinados a estimular o conhecimento e o gosto pelo Aeromodelismo e promover ou patrocinar exposições, conferências ou outras actividades culturais relacionadas com os seus objectivos.

Fazer funcionar uma escola privativa para o estudo e prática da modalidade.

Facilitar a prática do Aeromodelismo a todos os seus associados, nomeadamente difundindo conhecimentos técnicos, obtendo benefícios e colaborando com outras colectividades congéneres e com a Federação Portuguesa de Aeromodelismo.

A sua actividade tem sido pautada pela utilização de pavilhões municipais para a prática de aeromodelismo de interiores ” indoor” e também da pista do D.G.M.F.A. – Depósito Geral de Material da Força Aérea, ao abrigo do protocolo para utilização entre o C.E.M.F.A. - Chefe de Estado Maior da Força Aérea e a FPAm., com a anuência do Comando da Unidade Militar e sem prejuízo de movimentações internas.

Com a ainda pequena dimensão e juventude o clube, tem sido capaz de ombrear com alguns dos chamados clubes grandes, pela organização e realização de eventos a nível nacional inseridos nos calendários oficiais da FPAm.

Encontros para divulgação da modalidade e suas categorias, desde o voo circular ao rádio controle e a participação nas Alverquíadas e Culturalverca, têm contribuído para o crescimento sustentado do clube.

INTERPRETAÇÃO DO LOGOTIPO



Prefácio

As armas de Alverca só recentemente foram adoptadas, após o parecer do erudito Afonso Dornelas, apresentado à Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos, e aprovadas em 1934, em sessão plenária.

De entre as várias figuras e símbolos, as luas em crescente ( que são vermelhas porque essa cor significar vitórias e ar dos guerreiros ) representam a civilização árabe anterior à nossa, e figuram nas armas de Alverca para perpectuar o esforço memorável de D. Afonso Henriques, que conquistou, palmo a palmo, a região.

De referir que o Parque de Material Aeronáutico é instalado em Alverca no dia 11 de Setembro de 1918.

Do livro Aviação Internacional de Fernando do Vale se transcreve com a devida vénia: “ Este campo é do melhor que tenho visto e desde que seja ampliado com um hidroporto sobre o Tejo, dado que possui boa estrada e comunicações rápidas, não podendo ser ultrapassado, por qualquer outro novo campo, por mais dinheiro que se gaste”

O Logotipo

- À união das duas luas em crescente que compõem as armas da Cidade de Alverca do Ribatejo, acrescentou-se uma terceira para que, após junção, se aplicarem as cores da Bandeira de Portugal.

- A projecção das luas da esquerda para a direita convergendo num ponto, algo no espaço, significa o caminhar da Cidade para o futuro, dado pelo incremento das suas gentes através da maturidade e crescimento das várias actividades, nomeadamente a Aeronáutica, simbolizada pelo aerodino em pleno voo ascendente.

- A configuração obtida demonstra o impacto triunfador típico dos desportistas.

- O conjunto de palavras, em letras de cor azul, cujas iniciais de maior dimensão e lidas de cima para baixo com ligeiro declíneo para a esquerda, são a sigla “ CAAR “, identificativa do Clube de Aeromodelismo de Alverca do Ribatejo, e as cores nacionais sustentam em pleno voo o aerodino, como se de fumos libertados no espaço se tratasse.